Jogos

Games indie já faturaram US$ 500 milhões no Xbox One, diz Microsoft

Posted by on out 16, 2017 in Informação, Jogos

Esteban Lora, gerente do programa ID@Xbox, está no país para a Brasil Game Show 2017. Ele diz 

Os games indie, desenvolvidos por estúdios sem laços com as grandes produtoras de jogos, já faturaram US$ 500 milhões no Xbox One. É o que diz Este

Game Show 2017. A feira de games em São Paulo vai até domingo (15).

“O programa foi bem-sucedido em várias frentes. Hoje temos mais de 600 games lançados. Então certamente há muito potencial e oportunidade para estúdios que querem ter seus jogos na nossa plataforma”, diz Lora.

Fazendo uma conta básica, isso significa que, na média, cada jogo indie lançado para o Xbox One teve receita aproximada de US$ 830 mil.

Uma forcinha pra quem tá começando

O ID@Xbox é o programa oficial da Microsoft para games indie. Por meio dele, os desenvolvedores têm acesso a todos os recursos do console, como os serviços de rede da Xbox Live, conquistas e a ferramenta de streaming Mixer. É por lá também que os criadores lançam e disponibilizam seus jogos nas lojas online.

Lora esteve no Brasil nas últimas três edições da BGS justamente fazendo a ponte entre a empresa e os estúdios nacionais. Games brasileiros como “Gryphon Knight Epic”, “My Night Job”, “Chroma Squad”, entre outros, chegaram ao Xbox One via ID@Xbox nos últimos anos. E agora foi a vez de “Shiny”, lançado no país e em outros mercados na quarta-feira (11).

“A presença na comunidade brasileira indie é fantástica. Eu lembro de 3 anos atrás, quando começamos, e era só um punhado de estúdios. Agora temos dezenas de times construindo projetos muito legais. Para mim é muito satisfatório porque eu vi tudo crescer”.

“Quando se expande para regiões internacionais, como a América Latina e o Brasil, você começa a ver muita diversidade em games. E isso é bom para os jogadores e fãs porque você traz muitas opções. E também é bom para a indústria. Conforme os jogos evoluem, mais gêneros e categorias surgem com novos elementos divertidos”.

 

Learn More

Games brasileiros garantem presença na E3 2017

Posted by on jun 12, 2017 in artigo, Jogos, Jogos

‘Dandara’, ‘Guts’, ‘Ninjin: The Clash of Carrots’ e ‘Community Inc’ garimpam espaço em evento paralelo à maior feira de games do ano, em Los Angeles (EUA).

A o menos quatro games brasileiros poderão ser testados pelo público da E3 2017, maior feira de games do ano, que começa oficialmente na próxima terça-feira (13) em Los Angeles (EUA).

O G1 acompanha as principais

The Mix é um evento focado na divulgação de games independentes e já acontece na E3 há 3 anos (Foto: Divulgação)notícias do evento. Você pode seguir a nossa cobertura em tempo real clicando aqui .

“Dandara”, “Guts”, “Ninjin: The Clash of Carrots” e “Community Inc” participarão do The Mix, evento focado na divulgação de games independentes e que acontece em paralelo à E3 há 3 anos. O encontro acontece na quarta-feira (14). Veja abaixo uma breve descrição de cada

jogo:

‘Dandara’

Desenvolvido pela Long Hat House, de Belo Horizonte (MG), “Dandara” é um game do gênero “Metroidvania” – você aprende novas habilidades durante a partida e pode usá-las para acessar áreas até então bloqueadas. O jogo usa um visual “pixel art”, bem retrô, e a sua heróina tem habilidades que desafiam a gravidade. Veja o trailer do jogo aqui.

“Dandara” será lançado para dispositivos móveis, PCs e o novo Nintendo Switch.

‘Guts’Em 'Guts', objetivo dos jogadores é desmembrar por completo seu adversário (Foto: Divulgação)

Em ‘Guts’, objetivo dos jogadores é desmembrar por completo seu adversário (Foto: Divulgação)

“Guts” é um game de luta com uma ideia bizarra. No jogo da Flux, de São Paulo (SP), os lutadores não tem uma barra de vida. A única forma de derrotar o adversário é acertando golpes (engraçados) que vão arrancando partes do seu corpo. Ganha quem arrancar os quatro membros do oponente e depois acertar um movimento especial. Mas cuidado: é possível recuperar um braço ou uma perna e virar a partida. Assista ao trailer aqui.

“Guts” vai ser lançado para PlayStation 4, Xbox One e PCs

‘Ninjin”Ninjin: T'Ninjin: The Clash of Carrots' é game brasileiro de ação com uma temática de ninjas e samurais (Foto: Divulgação)he Clash of Carrots’ é game brasileiro de ação com uma temática de ninjas e samurais (Foto: Divulgação)

Em desenvolvimento há 3 anos, “Ninjin: Clash of Carrots” pega elementos de games de ação, corrida infinita (“Jetpack Joyride”) e “shoot ‘em up” (“R-Type”) e os funde com ninjas e samurais muito bem-humorados.

O estúdio Pocket Trap, de São Paulo (SP), já lançou um primeiro “Ninjin”

para aparelhos iOS em 2013 e almejou um projeto maior após uma edição da feira de games BGS. De lá para cá, o jogo também passou pela Tokyo Game Show, evento no Japão.

‘Community Inc”C”Ninjin: Clash'Community Inc' é jogo brasileiro de gerenciamento de cidades (Foto: Divulgação) of Carrots” será lançado para PlayStation 4, Xbox One e PCs.ommunity Inc’ é jogo brasileiro de gerenciamento de cidades (Foto: Divulgação)

O Brasil também sabe fazer jogos de construção de cidade. Esse é o estilo de “Community Inc”, do estúdio T4 Interactive, de São Paulo (SP). Seu objetivo é construir uma comunidade a partir de mais de 150 itens diferentes. E gerenciar seus moradores para que eles trabalhem e sejam felizes. Para quem conhece, lembra “Banished”, também para PCs.

“Community Inc” será lançado só nos computadores. 

Learn More

‘Overwatch’ vence prêmio de Game do ano no Game Awards 2016

Posted by on dez 3, 2016 in artigo, Jogos

O

game de tiro multiplayer “Overwatch”, da Blizzard, venceu o prêmio de Game do ano na Game Awards 2016, premiaçãBastion, um dos heróis de 'Overwatch', comemora o prêmio de Game do ano no Game Awards 2016 (Foto: Divulgação/Blizzard)o organizada nos Estados Unidos pelo produtor Geoff Keighley em parceria com executivos de grandes empresas. A cerimônia aconteceu na noite de quinta-feira (1º), em Los Angeles (EUA).

 

Além do principal prêmio da noite, “Overwatch” venceu na categoria Melhor multiplayer. A Blizzard também triunfou e foi escolhida como o Melhor estúdio/direção de jogo.'Pokémon Go', jogo para smartphones com realidade aumentada. (Foto: Divulgação/Niantic)

O fenômeno “Pokémon Go” também marcou presença e foi vitorioso no Game Awards 2016, faturando prêmios de Melhor game para família e Melhor game para dispositivos móveis.

Já “Uncharted 4: A Thief’s End”, jogo exclusivo do PlayStation 4 que liderava a corrida ao Game Awards desse ano, com sete indicações, acabou levando em apenas duas: Melhor narrativa e Melhor atuação, prêmio para Nolan North, que faz o papel do caçador de tesouros Nathan Drake.

Outros destaques ficam para a nova versão de “Doom”, que levou os prêmios de Melhor trilha sonora/design de som e Melhor game de tiro; e o jogo indie norueguês “Inside”, que venceu nas categorias Melhor direção de arte e Melhor game indie.

Veja abaixo todos os vencedores do Game Awards 2016:

Game do ano
“Doom”
“Inside”
“Overwatch”
“Titanfall 2″”Uncharted 4: A Thief’s End”

Melhor estúdio/direção de jogo              

“Firewatch”
“Inside”
“Overwatch”
“Uncharted 4: A Thief’s End”

Melhor trilha sonora/design de som
“Battlefield 1”
“Doom”
“Inside”
“Rez Infinite”
“Thumper”

Melhor atuação
Alex Hernandez – Lincoln Clay, “Mafia III”
Cissy Jones – Delilah, “Firewatch”
Emily Rose – Elena, “Uncharted 4: A Thief’s End”
Nolan North – Nathan Drake, “Uncharted 4: A Thief’s End”
Rich Summer – Henry, “Firewatch”
Troy Baker – Sam Drake, “Uncharted 4: A Thief’s End”

Games for Impact
“1979 Revolution”
“Block’Hood’
“Orwell”
“Sea Hero Quest”
“That Dragon, Cancer”

Melhor game indie
“Firewatch”
“Hyper Light Drifter”
“Inside”
“Stardew Valley”
“The Witness”

Melhor game para dispositivos móveis
“Clash Royale”
“Fire Emblem Fates”
“Monster Hunter Generations”
“Pokémon Go”
“Severed”

Melhor game de realidade virtual
“Batman: Arkham VR”
“Eve Valkyrie”
“Job Simulator”
“Rez Infinite”
“Thumper”

Melhor game de tiro
“Battlefield 1”
“Doom”
“Gears of War 4”
“Overwatch”
“Titanfall 2”

Melhor game de ação/aventura
“Hitman”
“Dishonored 2”
“Hyper Light Drifter”
“Ratchet & Clank”
“Uncharted 4: A Thief’s End”

Melhor game de RPG
“Dark Souls III”
“Deus Ex: Mankind Divided”
“The Witcher 3: Wild Hunt – Blood and Wine”
“World of Warcraft: Legion”
“Xenoblade Chronicles X”

Melhor game de luta
“Killer Instinct Season 3”
“King of Fighters XIV”
“Pokkén Tournament”
“Street Fighter V”

Melhor game para família
“Dragon Quest Builders”
“Lego Star Wars: O despertar da força”
“Pokémon Go”
“Ratchet & Clank”
“Skylanders: Imaginators”

Melhor game de estratégia
“Fire Emblem Fates”
“Civilization VI”
“The Banner Saga 2”
“Total War: Warhammer”
“XCOM 2”

Melhor game de esportes/corrida
“Fifa 17”
“Forza Horizon 3”
“MLB The Show 16”
“NBA 2K17”
“Pro Evolution Soccer 2017”

Melhor multiplayer
“Battlefield 1”
“Gears of War 4”
“Overcooked”
“Overwatch”
“Rainbow Six Siege”
“Titanfall 2”

DICE
Blizzard
Id Software
Naughty Dog
Respawn

Melhor narrativa
“Firewatch”
“Inside”
“Mafia III”
“Oxenfree”
“Uncharted 4: A Thief’s End”

Melhor direção de arte
“Abzu”

Learn More

Aniversário Pokemón a 1º temporada grátis

Posted by on set 27, 2015 in artigo, Jogos

Aniversário Pokemón, o game Pokemón Go e a 1º temporada grátis

 

Quem foi criança ou adolescente nos 90 certamente foi muito feliz graças a muitos desenhos animados que fizeram sucesso naquela época, e outros que perduram até hoje. Um desses desenhos foi Pokemón, que era baseado em jogo. Pokemón foi simplesmente uma febre aqui no Brasil, onde foi exibido pela emissora Record a partir de 1999.

Learn More

LEGO Worlds chegando para concorrer com Minecraft

Posted by on jul 14, 2015 in artigo, Jogos

Minecraft tem sido o jogo do momento já faz um bom tempo. Com sua cara “quadradona” e suas infinitas possibilidades, o jogo acabou ganhando toda essa nova geração sedenta por games. O sucesso foi tão grande que até mesmo os mais velhos foram pegos nessa onda de “montar” blocos do Minecraft.

Learn More