Apple considera fazer oferta por unidade de chips da Toshiba, diz NHK

A

Apple considera se juntar ao seu fornecedor Foxconn para fazer proposta pela divisão de semicondutores da Toshiba, informou nesta sexta-feira (14) a emissora japonesa NHK.

A gigante norte-americana considera investir vários bilhões de dólares para adquirir uma fatia de mais de 20% da unidade, como parte de um plano que manteria a Toshiba como holding parcial, disse a NHK, citando fontes não identificadas.

A ideia seria dissipar preocupações do governo japonês sobre a transferência de tecnologia sensível a investidores, o que considera um potencial risco à segurança nacional, esclareceu a emissora.

A Apple não estava imediatamente disponível para comentar o assunto, enquanto a taiuanesa Foxconn, formalmente conhecida como Hon Hai Precision Industry, se recusou a fazê-lo. O porta-voz da Toshiba disse que não podia comentar sobre transações específicas.

A Foxconn, que participou da primeira fase da venda da unidade de chips, é vista como risco à segurança nacional do Japão devido a seus laços com a China. De acordo com a NHK, a Apple quer que a Foxconn detenha uma fatia de cerca de 30 por cento do negócio de chips da Toshiba.

APPLE

Programa Einstein de Cardiologia

A Cardiologia é uma das especialidades estratégicas do Hospital Israelita Albert Einstein

cardio.jpg
O setor é formado pelo corpo clínico, pelas unidades que atendem os pacientes cardiológicos e pelo Programa Einstein de Cardiologia, criado em 2003 para garantir ao paciente um atendimento mais ágil, global, integrado e organizado. 
 
A equipe que desenvolve o programa também trabalha para estimular a interação entre o corpo clínico, a integração das unidades, a elaboração e o gerenciamento de protocolos médicos e indicadores de qualidade. Por meio do programa há incentivos para a implementação de um plano estratégico que prevê o crescimento, a melhoria contínua do atendimento, a incorporação de novas tecnologias e o desenvolvimento do ensino, da pesquisa e da responsabilidade social na cardiologia.
A gestão do setor de cardiologia tem como base três gerências médicas que interagem de forma matricial com as demais unidades do hospital e da medicina diagnóstica, com as divisões de Prática Médica e de Prática Assistencial, com os Institutos de Ensino e Pesquisa, de Responsabilidade Social e Consultoria e Gestão e com as demais diretorias executivas da instituição:
Gerência do Programa de Cardiologia
Dr. Marcelo Franken
Gerente Médico da Cardiologia Einstein (2016 – atual)
Graduação em Medicina pela Universidade de São Paulo (2000)
Especialista em Medicina Intensiva pela Associação Brasileira de Medicina Intensiva
Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia
Doutor em Cardiologia pela Universidade de São Paulo
marcelo.franken@einstein.br
+55 (11) 2151.1140
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9790397186848816
​Gerência do Centro Diagnóstico Cardiopulmonar
Dra. Samira Saady Morhy
Gerente Médico do Departamento de Cardiologia Diagnóstica do Einstein
Doutora em Cardiologia pela Universidade Federal de São Paulo – Unifesp
Habilitação e Atuação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pelos Departamentos de Ecocardiografia e de Cardiologia Pediátrica da Sociedade Brasileira de Cardiologia – SBC
Fellow da American Society of Echocardiography
samirasm@einstein.br
+55 (11) 2151.9855
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3185780747469551

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *